Cadeias Miofasciais

Cadeias Miofasciais

Free

About this course

 

Muitos nomes sonantes falam ou falaram sobre a importância das cadeias miofasciais, seja pela funcionalidade (Françoise Meziere, Ida Rolf, Phillipe Souchard e Leopold Busquet), seja sobre a realização dos movimentos a partir da ligação destas cadeias com as cinturas escapular e pélvica, como estudou Bienfait, ou ainda abordando a conexão imediata que elas possuem entre si, de acordo com Thomas Myers.

 

No entanto, existe unanimidade no papel e função da miofáscia. Esta teoria mostra que há uma constituição inseparável entre o músculo e o tecido conjuntivo. Considerando esta afirmação, é possível compreender a resposta global do corpo a um simples movimento de um único segmento, o que somente pode ser associado às características do próprio tecido conjuntivo, mais precisamente, à fáscia.

 

As cadeias musculares representam os circuitos em continuidade de direcção e dos planos, através das quais propagam-se as forças organizadoras do corpo. Baseiam-se na natureza dos músculos e na capacidade de integração funcional.

 

No estado natural de tensão as cadeias miofasciais desempenham um papel fundamental na manutenção postural e movimento.
Uma disfunção em alguma cadeia irá gerar consequentemente esforço compensatório em outra, criando alterações posturais, dor e disfunção.

 

 

 

OBJETIVOS:  

 

  1. Aplicar o Conceito Global de Tratamento
  2. Focar o Tratamento para Corrigir a Causa Mecânica da Dor e Patologia
  3. Apreender uma Biomecânica Global baseada no Sistema Fascial
  4. Entender o corpo a partir da organização das Cadeias Miofasciais
  5. Reconhecer os Padrões Posturais e suas alterações
  6. Acesso ao Diagnóstico da Causa como eixo de tratamento
  7. Obter técnicas para corrigir as disfunções encontradas no Diagnóstico
  8. Acesso a uma metodologia terapêutica baseada na Reprogramação dos Padrões Posturais alterados
  9. Controlar um Modelo de Tratamento que permita uma mudança nas causas que geram Patologia
  10. Acesso a um plano de tratamento que se estenda além da sessão

 

 

Antes do Seminário: acesso a conteúdo digital com as bases do método

 

 

 

Conteúdos da formação:

 O Contexto do Tratamento. Análise do nosso Objetivo Terapêutico. A nossa Missão Terapêutica

 

 Biomecânica a partir do Contexto de Globalidade e Unidade Corporal. O Sistema Fascial e as Cadeias Miofasciais: Análise Prática de sua Organização e Funcionamento, Observação e Palpação

 

O Modelo de Tensegridade. Sistema de Tensão Recíproca e Sistema Hidropneumático. Prática em Grupos

 

Conceito de Alteração ou Disfunção Funcional: Análise Prática focada na Clínica. Os Padrões de Lesão. Metodologia de Observação e Palpação

 

 O Diagnóstico Funcional. Teste de Observação e Recursos Clínicos para Acesso a Disfunções Primárias. Teste de Mobilidade, Escuta Fascial

 

 Patologia Orgânica e Patologia Funcional. O Processo pelo qual chegamos à Patologia. Padrões de Disfunção. Exemplos Clínicos, Trabalho em Grupo

 

Do Sintoma à Causa. Metodologia da Estrela para Detectar a Causa que produz a Dor e a Patologia. Exemplos Clínicos e Prática em Trios

 

 Correção. Bases das Técnicas para Corrigir Disfunções num Sistema de Tensões Recíprocas. Técnicas Miofasciais: Lemnisca, Energia Muscular, Tensão e Facilidade. Prática em Pares

 

 Conceito de Reprogramação Corporal Postural. Bases para Corrigir os Padrões Posturais Lesionais – Clínica Prática. Amostra de um Caso Clínico. Prática em Trios

 

 

Publico alvo:

Fisioterapeutas e Estudantes de Fisioterapia

Data: 22, 23 e 24 de Março

 

 

Duração:

22 horas

 

 

Horário:

Sexta –  Das 14h às 19h

Sábado – Das 9h às 13h e das 14h00 às 19h00

Domingo –  Das 10h às 13h e das 14h às 18h

 

Certificação: Certificado de Formação Profissional

 

 

Vagas limitadas a 20 formandos.

 

Inclui cofee-break

 

 

Local da formação:

Avenida Miguel Bombarda, 43 4420-502 Valbom, Gondomar